Mês de Estudos Especiais 

Mês de Estudos Especiais

Por mais de dez anos o Centro Espírita Seareiros de Jesus realizou sempre no mês de setembro o evento “Tema Específico”.

No inicio, o objetivo era identificar a necessidade de alguns temas que precisavam de maiores esclarecimentos, sendo apresentados nos diversos grupos de estudos. 

O evento passou por diversas adaptações, sempre de acordo com a necessidade e solicitações dos associados.

Neste ano, o evento passou novamente por alteração. Começando pelo mês de apresentação que não ocorrerá mais em setembro e sim em agosto. Também o título do evento foi alterado de “Tema Específico” para “Mês de Estudos Especiais”.

O objetivo, porém é sempre o mesmo, levar conhecimento a um maior número de pessoas possível. 

O evento “Mês de Estudos Especiais” ocorrerá em quatro dias, sendo 08, 17, 27 e 30 de agosto.

Teremos palestras com temas atuais, evangélicos e doutrinários.

Sabemos que o conhecimento espirita favorece a melhoria do ser humano, portanto desejamos que todos nós juntos possamos adquirir novos aprendizados que ajudem na nossa transformação.

André Luiz, no livro Sol nas Almas diz: “O conhecimento espírita, na essência, é tão importante no reino da alma, quanto a alfabetização nos domínios da vida comum”.

Kardec afirma na obra O Espiritismo na sua Expressão mais Simples que o objetivo essencial do Espiritismo é melhorar os homens, no que concerne ao seu progresso moral e intelectual.

E finalizamos com os dizeres de José Herculano Pires:

“O Espiritismo aprofunda o conhecimento da Realidade Universal e não pretende modificar o Mundo em que vivemos através de mudanças superficiais de estruturas. Essa é a posição dos homens diante dos desequilíbrios e injustiças sociais. Mas o homem-espírita vê mais longe e mais fundo, buscando as causas dos efeitos visíveis. Se queremos apagar uma lâmpada elétrica não adianta assoprá-la, é necessário apertar a chave que detém o fluxo de eletricidade. Se queremos mudar a sociedade, não adianta modificar a sua estrutura feita pelos homens, mas modificar os homens que modificam as estruturas sociais. O homem egoísta produz o mundo egoísta, o homem altruísta produzirá o mundo generoso, bom e belo que todos desejamos. Não podemos fazer um bom plantio com más sementes. Temos de melhorar as sementes”.

pela Presidência: Izildinha Cioldin